Os portais científicos do SINAPAD permitem a execução, via interface Web, de aplicações científicas diversas nos clusters dos centros que compõem o sistema nacional. Segue abaixo uma lista dos portais atualmente disponíveis no sistema. Outros portais estão sendo desenvolvidos e serão anunciados em breve!!!

Veja aqui uma demonstração de uso desses portais!!!

Os recursos computacionais aos quais esses portais dão acesso (veja aqui a lista de recursos atualmente acessíveis via portais) são geridos por um middleware de grade que permite aos usuários dos portais manter, de forma segura, os dados e metadados (p.ex. informações de proveniência) resultantes de seus experimentos efetuados por meio desses portais na própria infraestrutura computacional do sistema nacional.

Se você tem interesse em usar um dos portais, preencha o formulário de requisição de novo usuário aqui .

Se você tem interesse em desenvolver um portal e integrá-lo ao SINAPAD, envie uma mensagem para sinapad-sup@lncc.br!!!

Portais Disponíveis


Portal BioInfo

A Rede Nacional de Bioinformática (RNBio) foi criada em Janeiro de 2014 como resultado de um Programa Estruturante do Ministério de Ciência e Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC) voltado para o fortalecimento das pesquisas envolvendo o uso da bioinformática no país. O núcleo fundador da RNBio é formado pelo LABINFO/LNCC, o LNBio/CNPEM e a UFMG, que atua estreitamente com os Centros Nacionais de Processamento de Alto Desempenho (CENAPAD) estruturados no sistema SINAPAD. Esses centros conseguiram aumentar a capacidade de execução de análises computacionais em muitas Instituições no Brasil. No cerne da RNBio, foi desenvolvido o Bioinfo-Portal, uma plataforma computacional multiusuária acoplada ao sistema SINAPAD que visa possibilitar o uso e execução de softwares e workflows de bioinformática de interesse para pesquisadores de diversas áreas.


Portal DockThor

O Portal DockThor, desenvolvido pelo grupo GMMSB/LNCC, é um servidor gratuito de atracamento molecular receptor-ligante idealizado para facilitar e disponibilizar o uso desta metodologia para a comunidade acadêmica. O programa implementado DockThor é um método baseado em grade que considera o ligante flexível e o receptor rígido, empregando um algoritmo genético de múltiplas soluções como método de busca e o campo de força MMFF94S como função de avaliação. As principais etapas de preparação do ligante e da proteína estão disponíveis no portal, sendo possível alterar os estados de protonação dos resíduos de aminoácidos e incluir cofatores (e.g. moléculas de água estruturais, metais, moléculas orgânicas) como entidades rígidas. O usuário também pode personalizar os principais parâmetros da grade de energia e do algoritmo genético. Os resultados do processo de atracamento molecular podem ser analisados, visualizados e classificadas automaticamente ainda no portal. Os parâmetros de análise também podem ser personalizados pelo usuário. O Portal DockThor utiliza as facilidades computacionais fornecidas pela plataforma de alto desempenho brasileira SINAPAD (Sistema Nacional de Alto Desempenho) e tem como parceiro o INCT-INOFAR.